About me

abril 30, 2020 Mandy Carvalho 0 Comments

"Por que temes o amor,
 Chamam-me de Amanda. Foram 30 invernos vividos - uns mais frios e outros mais quentes. Não tenho medo do escuro, mas tenho medo das vozes que podem ecoar dele - perturbam meus pensamentos e fazem-me pensar no que eu poderia ser se a luz estivesse acesa.
Tenho alguns hobbies como desenhar e cantar, mas o que faço como ganha pão é design gráfico e digital.
Gosto de coisas nerds e livros são meu ponto fraco. Combustão espontânea é o que acontece quando entro em alguma livraria. Fato.
Não vou mentir que também sou viciada em Netflix. Fico pensando se existe algum easteregg quando você atinge um certo número de filmes/séries assistidas. Fica aí a dúvida. 
No mais, nessa cidade caótica que é São Paulo, fico perdendo tempo com inutilidades importantes, como quem importa com coisas inúteis e bla bla bla.



They call me Amanda. It has been 29 lived winters - some colder than others. I'm not afraid of the dark, but I'm afraid of the voices that can echo from it - disturbing my thoughts and making me think of what it could be if the light was on.
I've got a few hobbies like drawing and singing, but what I do for living is graphic and digital design.
I like nerdy stuff and books. I pretty much burn myself to aches when I'm at a book store.
Not gonna lie that I'm also addicted to Netflix. I wonder if there is an easteregg if you reach a certain number of watched movies/series.
In the end, in this caotic city which is Sao Paulo, I keep loosing time in important uselessness, as someone who cares with useless things and etc etc...
se teimas em amar;
não conseguindo teimar
no desamor que temes?"

"Why do you fear love,
if you insist on loving;
failing to insist
in the lack of love you fear?"